Aposentadoria especial para enfermeiro e técnico em enfermagem; saiba como fica após a reforma da previdência

Aposentadoria especial para enfermeiro e técnico em enfermagem; saiba como fica após a reforma da previdência

Nos avalie

Todos os profissionais da enfermagem (auxiliares de enfermagem, técnicos e que fizeram cursos de enfermagem, em geral) estão sujeitos expostos a riscos diariamente – seja com a exposição a agentes biológicos, componentes químicos ou diante da exposição a radiação. Diante de tais situações o recebimento de insalubridade é obrigatório.

A aposentadoria especial é um direito desses profissionais, no entanto, é preciso a comprovação de exposição permanente aos riscos que citamos acima, por meio de um documento chamado Perfil Profissiográfico Previdenciário (PPP) e o laudo técnico de condições ambientais do trabalho (LTCAT) – ambas documentações registram as condições do trabalho. Todos os hospitais e clínicas são obrigados a disponibilizar o PPP e o LTCAT aos funcionários sempre que solicitado ou no momento da rescisão – cabe reclamação trabalhista diante do descumprimento.

Quem realizou o curso de técnico de enfermagem ou em áreas correlatas e trabalha em contato com agentes e ambientes nocivos, pode se aposentar com 25 anos de trabalho.

Reforma da Previdência

Diante da reforma da previdência que foi aprovada em primeiro turno pela Câmara dos Deputados e aguarda aprovação no Senado, a aposentadoria especial para profissionais da saúde ficará mais dura.

Atualmente, não é necessário idade mínima para para este tipo de aposentadoria e o valor da aposentadoria é integral.

No entanto, a proposta da reforma da previdência, por insalubridade, passa a ter três idades mínimas, sendo: 55, 58 e 60 anos. Além disso, a aposentadoria especial para quem fez o curso de auxiliar de enfermagem ou de áreas correlatas e atua em situações insalubres, passará a participar da regra de de pontos.

Outro ponto é que o valor do benefício não será mais integral, mas sim o equivalente a 60% da média salarial equivalente a todas as contribuições acrescido de 2% a cada ano que exceder 20 anos de contribuição.

Para saber mais sobre a atuação dos profissionais de enfermagem, continue acompanhando o blog da escola de enfermagem ABC Myrthes Silva.

Em nosso site você encontra diversos cursos como curso técnico em segurança do trabalho, cálculo de medicamentos, entre outros.